Blog sobre design, criatividade e comunicação :)

Método CANVAS – Inovação em Modelo de Negócios

Por 10 de janeiro de 2018Freela e Startups
Canvas
Próximo Post
Post Anterior

Quando você tem a ideia de um negócio, uma das coisas mais importantes no processo de iniciação é viabilizar a sua ideia e, a maneira mais eficaz de fazer isso, é planejando, criando o modelo de negócios, certo? Bom, o Método CANVAS foi pensado exatamente pra facilitar essa parte do processo.

Fugindo daqueles planejamentos de negócios extensos, demorados e a maioria das vezes chatos, que acabam ficando no canto da mesa e dificultando o entendimento das outras pessoas sobre o seu negócio, o modelo CANVAS foi criado para tornar o planejamento visual e prático, o lado direito do quadro é associado a emoção/valor e o lado esquerdo a lógica/eficiência, assim como o nosso cérebro. Com formato horizontal e separado em blocos, você consegue, seguindo um passo a passo, ter na parede de forma bem clara, qual o seu objetivo e o que você precisa para chegar nele!

Divisão-do-Canvas

Para dar início ao seu CANVAS você vai precisar de um papel, post-its, caneta e claro, ideias!

Se quiser você ainda pode imprimir clicando no botão aqui em baixo (em inglês) ou fazer online pelo site do SEBRAE, ficou sem desculpas, né?

Baixar Business Model Canvas

Bom, agora que já tem o seu material em mãos, entenda resumidamente os tópicos que contém no CANVAS:

Proposta de valor: o que sua empresa vai oferecer para o mercado que realmente terá valor para os clientes, pense em qual o problema você pretende resolver do seu cliente e como agregar valor a essa necessidade;

Segmento de clientes: quais segmentos de clientes serão foco da sua empresa, uma empresa pode ter um ou mais segmentos de clientes;

Os canais: como o cliente compra e recebe seu produto e serviço, quais os canais de comunicação chegam até ele com a sua proposta de valor e como ele consegue efetivar essa parceria;

Relacionamento com clientes: como a sua empresa se relacionará com cada segmento de cliente, pense bem na sua proposta de valor, é muito importante ter uma comunicação linear com o seu posicionamento;

Atividade-chave: quais são as atividades essenciais para que seja possível entregar a Proposta de Valor;

Recursos principais: são os recursos necessários para realizar as atividades-chave, os recursos mais importantes exigidos pra fazer um modelo de negócios funcionar efetivamente, podem ser físico, intelectual, humano e ou financeiro;

Parcerias principais: são as atividades-chave realizadas de maneira terceirizada e os recursos principais adquiridos fora da empresa, tudo o que for externo ao seu negócio, é uma parceria importante a ser fechada;

Fontes de receita: são as formas de obter receita por meio de propostas de valor, um negócio que não consiga identificar como rentabilizar o projeto, precisa ser repensado com cuidado;

Estrutura de custos: São os custos relevantes necessários para que a estrutura proposta possa funcionar, pode-se pensar em toda a estrutura, contendo curto, médio e longo prazo.

Quadro-Canvas-Facebook-1024x661

Bom, o quadro funciona melhor em uma superfície grande, onde seja possível colar os post-its em cada um dos 9 blocos, onde a sua equipe possa rascunhar, discutir e definir cada item, mas não deixe de começar o seu projeto por não ter essa estrutura, lembre-se que a gente só chega onde quer, saindo do lugar!

Próximo Post
Post Anterior
Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Co-fundadora dessa nave, publicitária com foco em marketing digital e em querer empreender, no mercado há 7 anos, brindo a vida e os momentos sempre que dá, com uma boa IPA, um bom vinho, comida boa, muitas leituras e a vontade que nunca morre de viajar por esse mundão de meu Deus!


E aí, o que achou? Deixe seu comentário.