Blog sobre design, criatividade e comunicação :)

14 dicas para acabar com o bloqueio criativo

Por 11 de setembro de 2018Dicas e Tutoriais
bloqueio criativo
Post Anterior

Se você trabalha com criatividade TODOS os dias, provavelmente já se deparou com o maior vilão de nossa profissão: O BLOQUEIO CRIATIVO! Estou certa? Aquele momento em que você precisa entregar uma campanha amanhã e ainda não conseguiu sequer pensar no mote, aquela ilustração que o cliente confia exatamente na sua criatividade e nada vem a mente. Pois é meus amigos, é complicado né?

Mas calma, calma, não criemos pânico! Aqui vão algumas informações para te ajudar quando essa hora chegar.

 

Primeiramente, vamos entender um pouco o que é um bloqueio criativo.

Quando você está simplesmente sem nenhuma ideia, sua mente parece ter parado de funcionar, você não consegue evoluir absolutamente nada que começa, até um passarinho passando lá fora é mais interessante que o trabalho que precisa ser desenvolvido, parabéns, você está passando por um bloqueio criativo. Existem muitas pessoas que defendem que eles não existem, mas para mim, existem e são bem cruéis. Geralmente, eles são causados por busca pela perfeição, falta de planejamento, medo de rejeição, stress, indecisão e por aí vai! Vamos começar falando sobre cada um deles e como tentar burlar-los (palavrinha engraçada)?

 

Busca pela perfeição

É muito comum a gente deixar pra fazer as coisas só quando elas puderem ficar perfeitas, não é mesmo? Muita gente prefere não fazer algo, a fazer como pode e isso acaba gerando trabalhos inacabados ou às vezes sequer iniciados. Quer um conselho? Tem muitas coisas (a maioria) que é melhor feito que perfeito.

Então  que tal começar como dá, ir escrevendo as ideias num papel e depois ir selecionando o que serve e o que não serve para usar no seu projeto?

Não se preocupe ainda com o resultado final, é a hora de deixar a sua mente livre para o próximo passo, basta um pouco de planejamento  que você consegue. E por falar em planejamento.

Falta de planejamento

Geralmente quando recebemos uma demanda, temos um prazo a cumprir, não é mesmo? Pois bem, então se planeje para que tudo dê certo. Conte com a possibilidade de haver um bloqueio mental, com todas as chances de coisas acontecerem com a sua mente e você não conseguir desenvolver as coisas como poderia se deixar tudo para um único dia. Aproveite que tem prazo e ouse ter ideias malucas e imperfeitas para que, quando o momento de refinar e finalizar o seu projeto chegar, você possa fazer com que dê tudo certo e o resultado te agrade de fato.

Medo de rejeição

Não é difícil encontrar alguém que, por ficar muito preocupado com o que as pessoas irão achar de seus projetos, acabam travando e não saindo do lugar ou ainda, por conta de um sucesso muito grande em outros trabalhos fiquem com receio de não ficar tão bom quanto o anterior. Ah vamos, pare com isso já! Se o seu propósito está sendo cumprido e você foi digno e responsável com o que realizou, não tem razão para achar que será rejeitado.

E outra, caso seja necessária alguma alteração ou correção, isso não é nada demais, nós da área criativa sabemos, inclusive, o quanto isso é comum. Então, seja criando uma arte, um texto ou uma campanha, aceite que você fez o seu melhor (você fez, não foi?) e aperte o enter!

Stress

Ora, ora, nós trabalhamos com a mente! Se ela não vai bem, é óbvio que vamos travar na hora de fazer qualquer coisa.

Por isso lá em cima já vimos que o planejamento é importante, não tem como sabermos quando iremos pegar mais trânsito ou quando receberemos o prato errado no restaurante. Portanto, se você precisa aliviar a mente aqui vão algumas dicas:

  • dê uma caminhada, mesmo que seja pela casa ou pelo escritório;
  • aproveite a caminhada para exercitar a respiração;
  • ouça uma música relaxante ou que já te acalme;
  • bata um papo com alguém;
  • coma alguma coisa.

Indecisão

Esse ou aquele? Divertido ou formal? Azul ou amarelo? As vezes ficamos tão indecisos com o que enviar ao cliente que acabamos não querendo enviar nada. E sabemos bem que, muitas vezes enviar mais de uma opção não é a escolha mais inteligente, não é mesmo?

O que acha de manter a calma, analisar exatamente o que foi pedido e então, se colocar no lugar de quem vai receber o material, tentando imaginar qual agradaria mais a proposta?

 

 

Uau, agora que já sabemos quais as causas mais comuns para acontecer um bloqueio criativo e como tentar resolvê-los, vamos a mais algumas dicas para sair desse estado de ódio que essa sensação nos desperta?

  1. Se distraia – Pare de pensar na mesma coisa, por hora! Vai jogar um joguinho no celular (só não perde o tempo fazendo isso heim), ver vídeos no youtube, ou o que for útil para levar sua cabeça para outra dimensão por um tempinho estipulado previamente.
  2. Busque inspiração – Sabe os sites que você sempre utiliza para te ajudarem a criar? Pois bem, dê uma navegada por eles pra ver se alguma coisa surge na sua mente travada!
  3. Brainstorm Você tem alguém com você para isso? Perfeito! Batam um papo sobre o job e vejam se juntos, conseguem ter ideias. Mas lembre-se, um brainstorm não pode ser censurado, até o momento de refinar as escolhas, tudo é válido.
  4. Conversar – Ligue para alguém que costuma gostar de conversar ou, chame aquele amigo do escritório para bater um papo aleatório. Deixe a sua mente um pouco livre.
  5. Rabisque sem compromisso – Já vimos lá em cima que, por vezes as preocupações nos levam a travar a mente, então que tal só deixar as ideias fluírem sem o menor sentido e sem nenhuma obrigatoriedade, de repente a melhor ideia surge aí.
  6. Mude o ambiente – Que tal tentar mudar de lugar e ver se isso te ajuda a desenvolver? Às vezes a rotina e a mesma imagem, sempre, fazem com que a nossa criatividade fique reprimida.
  7. Faça um alongamento – Se você jogar no pai Google: alongamento, vai achar inúmeras dicas de como fazer isso sozinho. Então que tal dar uma chance e ainda aproveitar para mexer esse corpinho que pode estar sedentário a algum tempo? ehehe
  8. Café? – Ah vai, você sabia que ele estaria nessa lista. A gente sabe que ele tem inúmeras vantagens para a nossa rotina criativa.
  9. Limpe a sua mesa – Vai ver o que você precisa é só de um pouco menos de caos ao seu redor, já pensou nisso?
  10. Ouça uma música – Não vou ficar aqui dizendo qual a melhor trilha sonora pra te inspirar, afinal isso é completamente relativo, certo? Então dê uma paradinha para curtir um som que te faça relaxar e pensar um pouco melhor.
  11. Leia –  Se você tem o hábito de visitar blogs ou se estiver lendo algum livro, separe alguns minutos para dar uma lidinha e distrair um pouco a cabeça.
  12. Cochilo – É possível que você só esteja com o sono atrasado! Então se for possível, que tal um cochilinho de 10 minutos?
  13. Use um mapa mental – Como dito lá em cima, pode ser que a falta de organização esteja prejudicando completamente o seu desenvolvimento. Usar um mapa mental pode te ajudar a organizar as coisas e fazer com que tudo tenha uma melhor fluidez.
  14. Cronometre seu tempo – Utilizar alguma técnica que ajude a controlar o tempo pode ser essencial, principalmente se você for uma pessoa que tem dificuldades de concentração. Cronometrar o tempo que utilizará para fazer as coisas, até mesmo aplicar essas dicas de tempinhos de ociosidade no dia, pode fazer uma grande revolução no seu dia-a-dia.

Ou seja, meus amigos, por mais que o bloqueio criativo possa acontecer com a gente vez ou outra, não deixem que isso atrapalhe o trabalho ou sequer que impeça de entregar as demandas.

Precisamos encontrar as melhores formas de driblar essa situação e manter a nossa qualidade de entrega, não é mesmo?

 

Post Anterior
Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Co-fundadora dessa nave, publicitária com foco em marketing digital e em querer empreender, no mercado há 7 anos, brindo a vida e os momentos sempre que dá, com uma boa IPA, um bom vinho, comida boa, muitas leituras e a vontade que nunca morre de viajar por esse mundão de meu Deus!


E aí, o que achou? Deixe seu comentário.