Publicidade

monetizar conteúdo criativo

Como monetizar conteúdo criativo com a plataforma Patreon

Compartilhe

Monetizar conteúdo criativo está ao alcance de todos graças a plataformas como a Patreon.

Há uns anos atrás, monetizar conteúdo criativo era um assunto pouco comentado, uma possibilidade restrita para um grupo pequeno de profissionais. Mas isso mudou!

Com o avanço da tecnologia e da internet, a monetização de conteúdo vem se tornando cada vez mais democrática e ganhado uma boa variedade de opções no mercado, como transmissões ao vivo, cursos online, ebooks entre outros.

Com isso os profissionais criativos das mais diversas áreas podem monetizar o seu trabalho e seu conhecimento de formas diferentes das que já estão no mercado. Um bom exemplo disso são as NFTs, que ganharam um espaço maior nos últimos anos graças a evolução da tecnologia.

Mas como tudo que começa a ganhar volume uma hora se torna pouco atrativo, é preciso buscar novas soluções. Por muito tempo o mercado de cursos online ficou aquecido e gerando muito dinheiro para empresas e profissionais que estavam dispostos a dedicar boa parte do seu tempo a ensinar o que sabiam às pessoas.

Agora esse mercado não está tão aquecido, o público quer mais proximidade, quer conteúdo quente, atual, informações e conhecimentos que eles podem aplicar logo após assistir a um vídeo ou ler um artigo.

Essa nova necessidade do público trouxer à tona um novo formato de trabalho, as comunidades, onde profissionais colocam todos os seus seguidores em um mesmo ambiente virtual e compartilha com eles conhecimentos, experiências e dá a oportunidade de interagirem entre si.

Só que esse modelo traz desafios relacionados à monetização, já que é um conceito muito amplo e que facilmente pode ser construído usando grupos fechados em redes sociais como o Facebook.

Para resolver esse problema da monetização de conteúdo criativo dentro do modelo de comunidade nasceu a Patreon. Uma plataforma que permite a profissionais criativos monetizarem seu conhecimento e conteúdo em um modelo de comunidade, onde podem alcançar uma receita recorrente fazendo o que gostam.

Patreon: transformando o valor da arte

A Patreon é uma das plataformas mais populares para monetização através de assinatura mensal.

Você dá ao público acesso a conteúdo exclusivo, à sua comunidade e ao seu processo criativo e em troca ganha a liberdade para fazer seu trabalho da melhor forma possível, com estabilidade para construir uma carreira criativa independente.

Com o Patreon você poderá:

  • criar um ciclo de renda recorrente
  • retomar seu controle criativo
  • criar conexão direta com seu público

Como funcionam as assinaturas

Os usuários da plataforma Patreon geralmente usam 3 níveis de assinatura, cada uma com um conjunto diferente de benefícios. E para as assinaturas realizadas, eles pagam uma comissão mensal de 5% a 12% à plataforma, podendo usufruir de todos os recursos disponibilizados, de acordo com o plano escolhido.

Exemplo de estrutura de monetização no Patreon

Plano Bronze: acesso a todos os vídeos publicados; visualização antecipada de ilustrações; descontos em produtos na loja virtual

Plano Prata: todos os benefícios do plano bronze + acesso a uma sessão mensal para acompanhar a ilustração de um projeto do início ao fim;

Plano Ouro: todos os benefícios do plano prata + acesso a uma mentoria mensal sobre ilustração

Perfil Mikki Kendall no Patreon
Perfil da escritora Mikki Kendall no Patreon

Que tipo de conteúdo pode ser usado para a monetização

Aqui o céu é o limite! Você pode explorar todos os recursos da plataforma para entregar os conteúdos que seu público gosta de consumir e que você considera importante dentro da sua estratégia.

De imagens a transmissões ao vivo, tudo é possível com o Patreon. Você só precisa de uma boa estratégia de conteúdo e de marketing para alcançar o público certo e transformar seguidores em fãs capazes de pagar pelo seu conteúdo.

Que criativos podem usar a plataforma Patreon

Não existem restrições sobre o tipo de profissional que pode explorar os recursos de monetização do Patreon.

Podcasters, artistas plásticos, ilustradores, escritores, dançarinos, cineastas, comediantes, arquitetos, criadores de jogos, professores, enfim, desde que você tenha um conteúdo útil para o público, tudo é possível.

Uma boa estratégia de marketing combinada com um conteúdo de qualidade pode render boa monetização para qualquer pessoa ou profissional que esteja disposto a investir tempo e conhecimento para agregar valor e ajudar o público.

Como criar uma conta no Patreon e monetizar conteúdo criativo

A primeira coisa a fazer é acessar patreon.com e no canto superior direito clicar no botão “Crie no Patreon”.

Em seguida, preencha o formulário com seu nome, email e senha, ou se preferir pode usar uma conta do Google ou Facebook para agilizar o processo.

Após se cadastrar, você deve preencher as informações mais específicas sobre o seu perfil em 5 etapas, onde falará sobre o seu conteúdo, se o conteúdo é para maior de 18 anos ou não, qual a moeda deseja utilizar para pagamento, se deseja oferecer produtos exclusivos dentro da plataforma e por fim se conectar a uma rede social para integração com o Patreon.

Feito isso é hora de personalizar suas informações preenchendo as informações básicas, cadastrando produtos, criando os planos de assinatura e outras informações relevantes que podem ser inseridas na plataforma.

Com o seu perfil devidamente construído, basta colocar a estratégia de marketing em prática para atrair seguidores, transformá-los em fãs e começar a monetizar o seu trabalho criativo. Mas atenção…

O dinheiro não cairá do céu

Só integrar uma plataforma de monetização no site não fará com que as pessoas paguem pelo seu conteúdo. É preciso criar uma boa estratégia, principalmente nas redes sociais, para atrair a atenção do público e mostrar valor e utilidade para ele a ponto de investirem no seu trabalho.

Usar vídeos para convidar o público a contribuir com o trabalho também ajuda muito, principalmente no TikTok e nos Stories do Instagram e Facebook.

Quanto mais informações sobre você e seu trabalho estiverem disponíveis, mais credibilidade você transmitirá e mais chances de monetização terá.

Quanto mais benefícios úteis você conseguir entregar para o seu público, maiores serão as chances deles fazerem parte da sua comunidade e gerarem uma renda mensal para você.

Gostou do conteúdo mas ainda tem dúvidas sobre como monetizar conteúdo criativo? Deixe nos comentários que vou te ajudar.

Compartilhe

Jonathan Lamim

Jonathan Lamim

Designer de conteúdo especialista no desenvolvimento de sites, blogs, landing pages e lojas virtuais. Escritor e criador do blog Resenhas de Livros, onde compartilha seu ponto de vista sobre cada leitura realizada.

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Publicidade

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

0
Would love your thoughts, please comment.x