Publicidade

design de conteudo design com cafe

Os princípios do design de conteúdo

Compartilhe

Design de conteúdo não é sobre criar conteúdo para postar todo dia, é sobre criar conteúdo capaz de transformar pessoas todos os dias.

Design de conteúdo é uma nova maneira de pensar sobre conteúdo, e o seu objetivo é tornar a criação de conteúdo mais estruturada e centrada no usuário.

Ao invés de sair produzindo conteúdo com foco em curtidas e em ter o máximo de publicações diárias nas redes sociais, ele vai permitir a criação de conteúdo capaz de ajudar o público de forma direta e eficaz.

O termo original Content Design foi cunhado por Sarah Richards e em português significa Design de Conteúdo.

Quando você está criando conteúdo com foco no usuário os resultados são mais consistentes, você consegue alcançar o público correto e transformar esse público das redes sociais em clientes.

O processo utilizado no design de conteúdo

Para que seja possível alcançar resultados com o design de conteúdo é preciso seguir um processo.

Esse processo vai tornar o conteúdo mais próximo do público, construindo uma experiência e sentimentos.

Veja a seguir quais são as etapas do processo:

  • Pesquisar
  • Encontrar as necessidades do usuário e mapear sua jornada
  • Encontrar os canais de comunicação
  • Determinar a linguagem e o sentimento
  • Criar conteúdo
  • Usar uma linguagem simples
  • Pedir feedback
  • Analisar, ajustar e repetir o processo

Os resultados de cada etapa ajudam na seguinte, e no final do processo você tem uma estrutura bem definida e focada no usuário para execução do seu marketing de conteúdo.

Os princípios do design de conteúdo

Propósito

Conhecer o propósito por trás da criação e conteúdo é essencial para que tudo o que for produzido passe a mensagem correta para o público.

Quando você estiver com o propósito bem claro na sua mente, criar os conteúdos será algo quase que natural, tanto no nível da ideia quanto no nível da escrita.

O propósito vai ajudar você a construir conteúdo alinhado à jornada do usuário, fortalecendo o processo de conscientização e decisão de compra.

Contexto

O público não cai de paraquedas no seu conteúdo, existe uma jornada. Algo acontece antes dele ver o conteúdo, e algo vai acontecer depois.

Entender onde o público entra e sai do conteúdo é importante para que você possa produzir conteúdos dentro de um contexto capaz de ajudar o público e não atrapalhá-lo ainda mais.

Pense no contexto em todas as formas possíveis, desde o conteúdo (texto e imagem) até a forma e o local que o conteúdo será consumido.

Nesse momento a pesquisa feita para conhecer o público vai ajudar muito a compreender o contexto de uma forma mais ampla.

Acessibilidade

Design de conteúdo significa criar conteúdo funcional e utilizável para o público, proporcionando uma experiência diferenciada e benefícios capazes de gerar pequenas vitórias.

Acessibilidade aqui não é apenas sobre tamanho de fonte, texto alternativo nas imagens, mas sim criar conteúdo capaz de ser consumido por qualquer pessoa, faça ela parte do seu público ou não.

Nem sempre o conteúdo será em texto, ele pode ser um vídeo, uma imagem, um infográfico, um áudio, pode ser qualquer formato desde que ele seja o adequado para o público e para transmitir a mensagem desejada.

Clareza

Transmita a mensagem da forma mais clara possível, evite palavras difíceis, termos técnicos e jargões.

Use a linguagem do seu público, as palavras do dia a dia dele, isso fará com que você seja compreendido e aumentará o alcance do seu conteúdo.

Objetividade

Quando o assunto é conteúdo, menos é mais, afinal de contas quando uma pessoa absorve apenas 30% do que vê na tela.

Seja objetivo com seu conteúdo, passe a mensagem desejada sem exageros e sem aprofundar demais em detalhes que são desnecessários para o momento.

Equilibre conteúdo de texto com conteúdo visual, isso vai ajudar o público na hora de consumir o conteúdo por completo.

Relevância

Não se trata de falar de temas atuais, que estão na boca do público.

Criar conteúdo relevante é conhecer seu público, as dores, os desejos, as crenças, as necessidades reais e entregar pequenas soluções capazes de gerar benefícios reais para o público.

O formato adequado também vai ajudar a tornar o seu conteúdo relevante, por isso é fundamental saber onde seu público se encontra e como ele consome conteúdo.

Flexibilidade

Design de conteúdo é sobre criar experiências através do conteúdo e não sobre criar conteúdo através de experiências.

Crie o conteúdo com base no planejamento e nas pesquisas, faça testes, analise os resultados e ajuste.

Não tenha medo de reestruturar os conteúdos e o planejamento, isso faz parte do processo de design de conteúdo e vai ajudar você a construir uma marca forte.

Seja o conteúdo para redes sociais, site ou blog, ele precisa ter flexibilidade para que possa alcançar os resultados.

Todos os princípios compartilhados aqui estão ligados às etapas do processo de design de conteúdo.

Eles são fortalecedores do processo e a partir do momento que você tem esses princípios bem enraizados na sua mente, tudo vai se tornando mais fácil durante a criação de conteúdo.

O design de conteúdo veio para fazer a diferença na forma como você pensa, cria e entrega conteúdo para o seu público, não para fazer de você um escravo do conteúdo.

Compartilhe

Jonathan Lamim

Jonathan Lamim

Designer de conteúdo especialista no desenvolvimento de sites, blogs, landing pages e lojas virtuais. Escritor e criador do blog Resenhas de Livros, onde compartilha seu ponto de vista sobre cada leitura realizada.

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Publicidade

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

0
Would love your thoughts, please comment.x