Blog sobre design, criatividade e comunicação :)

Marc Scheff e sua arte profunda

Por 23 de agosto de 2018Cultura e Curiosidades
Marc Scheff
Próximo Post
Post Anterior

Você já pensou em usar camadas na vida real fora do Photoshop? Marc Scheff já. Vamos falar um pouco sobre o trabalho dele e sobre paixão pelo que se faz?

Marc Scheff é um artista americano que passa pro real o que é virtual: camadas de Photoshop se tornam camadas de resina em suas pinturas literalmente profundas, dando um efeito tridimensional incrível.

Começa com um desenho no seu sketchbook, daí desse simples desenho junto da intuição, são adicionadas camadas de resina, que podem tanto esconder como mostrar traços, efeitos, materiais… em seu trabalho artístico Marc gosta de ter liberdade para criar apesar de ter parte do caminho já definido.

Marc-scheff

O amor pelo desenho, sua a vontade de descobrir e de fazer tudo bem feito são coisas que orientam seu processo artístico. Por exemplo, em uma entrevista Marc Scheff diz que em vez de ficar se lamentando por se distrair muito, ele consegue integrar intencionalmente essa tendência à falta de foco ao seu ritual de criação. É fácil para ele se perder entre os materiais, mas também é necessário para testar coisas novas em cada obra.

Marc-scheffMarc-scheffO planejamento é feito no Photoshop, já que ele era artista digital (podemos entender sua relação com as camadas, né?), mas o que acontece no final de tudo é uma grande surpresa. Ele diz ser viciado no processo e a cada camada adicionada ele tira uma foto, já que com a nova sobreposição não é possível ver o que tinha sido feito anteriormente. Após tirar a foto ele faz novos testes no Photoshop para entender o que virá depois.

O uso da resina começou com a busca por algo que pudesse selar um de seus desenhos que ele nem tinha gostado muito, mas queria ver se com uma finalização diferente ele ficaria melhor. Daí testou o material (que apesar do brilho não salvou o desenho ruim rs) e foi a partir desse acaso que ele começou a usar resina. Falhou diversas vezes, mas aprendeu muito também. O crescimento vem com os erros.

Marc-scheffMarc-scheffMarc-scheffEvoluir artisticamente

Para ele, evoluir como artista é conseguir a fazer o melhor com um acidente (algo inesperado que acontece no meio de um projeto ou obra que ele está fazendo). Se não houverem acidentes você estará fazendo as mesmas coisas sempre.

Marc-scheffMarc-scheffMarc-scheffSegundo Marc Scheff, desenvolver e fazer arte é sinônimo de permissão. Devemos nos permitir e nos libertar de padrões que muitas vezes nós mesmo impomos, nos aceitar e aceitar o nosso trabalho é fundamental, mesmo que isso signifique que você não vai fazer tanto dinheiro como você gostaria. Fazer algo que te dê alegria e que dê alegria a outras pessoas é o sim que devemos nos dar.

Para as fases mais penosas do crescimento como artista, ele fala que é importante que tenhamos amigos que nos aceitem e que nos deixem à vontade para sermos nós mesmo, até nos piores dias. Aliás, acho que precisamos de nos cercar de pessoas assim para tudo na vida, não é mesmo? 😉

Ele usa vários tipos de pincéis, tintas e folhas de ouro. Poder ver o processo de todo trabalho feito em uma pintura é incrível, perceber o que foi feito em cada camada é o encanto da arte dele. É como se pudéssemos observar o passo a passo de um quadro a cada vez e a cada ângulo que olhamos para ele. 

Veja um pouco mais sobre isso tudo no vídeo:

Próximo Post
Post Anterior
Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Cofundadora do blog, atua como designer há 10 anos e é graduada em Design Gráfico e em Design de Moda. Tem experiência com projetos de produção de moda, figurinismo, diagramação, criação de identidade visual, estamparia, criação de produtos, impressos e ilustração. É apaixonada por livros, por trabalhos manuais e por gatos.


E aí, o que achou? Deixe seu comentário.