Blog sobre design, criatividade e comunicação :)

Traço de desenho: como desenvolver o seu próprio estilo

Por 26 de julho de 2018Dicas e Tutoriais
Estilo de traço - Gato
Próximo Post
Post Anterior

Desenvolver o seu estilo de traço pode ser uma tarefa trabalhosa, mas é algo muito importante se você quer que as pessoas te reconheçam ao ver os seus projetos.

Ter um estilo de traço característico pode ser muito bom profissionalmente, ele é como sua digital, sua personalidade estampada. Quando uma pessoa vê um desenho seu e logo o associa a você, isso é também parte da sua marca que ela absorveu, “captou” o seu estilo e provavelmente a sua mensagem. Seu estilo artístico é parte de você, e é algo que tem que ser desenvolvido e isso não acontece do dia para a noite.

Tenho algumas dicas para te ajudar a encontrar o seu próprio caminho no mundo artístico.

Treine seu olhar

Treine o seu olhar para as coisas e formas. Observar tudo à nossa volta é um exercício e tanto. Quando colocamos isso no papel, podemos ainda pensar em maneiras de representar o que estamos observando – a mesma paisagem, o mesmo objeto, a mesma pessoa.

estilo de traço

Estude desenho

Pesquise por estilos de artistas, movimentos artísticos e teste com suas próprias mãos também esses traços diferentes.

Pratique todo dia

A prática vai te ajudar a compreender o que você tem mais facilidade e dificuldade para reproduzir.

Analise trabalhos de outros ilustradores e teste novas técnicas. Pois isso vai te ajudar a construir o seu repertório visual com o estilo que você quer ter. Não tenha medo de experimentar, mesmo que fique ruim, teste e veja onde pode melhorar. Além disso, insista no que você não faz bem e desafie as suas habilidades, não tenha medo de subir os degraus 😉

Dois exercícios que também podem te ajudar na prática diária e são um pouco antagônicos: Primeiro, varie em temas. Não desenhe só pessoas, nem só objetos, nem sempre o mesmo close do corpo humano.

E o segundo: pense em séries de desenhos, trabalhando o mesmo tema. Por exemplo, para quem já viu o filme Toda Forma de Amor, o personagem faz uma série de desenhos de rostos, todos no mesmo estilo de traço. Lembre-se que ficar insistindo no mesmo desenho eternamente vai te deixar mais ansioso e com a sensação de chegar a lugar nenhum do que chegar de fato a perfeição. Em alguns casos o feito é melhor do que o perfeito e voltar depois de algum tempo a um desenho que você não gostou pode ser mais benéfico do que ficar trabalhando nele durante dias. Por isso, siga em frente na sua produção.

estilo de traço

O auto conhecimento

Chegar ao seu estilo de traço significa trilhar um caminho para compreender quem você é como pessoa e como artista. Pois sua vivência cria o que te influencia e assim o seu estilo é refletido. O que sai no papel é parte de quem você é. É normal se sentir artisticamente perdido, por isso comece encontrando seus interesses, repita desenhos que você gosta, encontre artistas que te chamam atenção e veja o que te agrada no trabalho deles. Perceba também isso nos seus próprios desenhos. 

A chave do negócio é praticar, estudar, repetir e observar o que você cria. Quando você desenha sempre aparece um traço mais realista? Ou um traço mais rústico? Aparecem sempre mais linhas retas ou linhas curvas? Perceba coisas que você faz em muitos desenhos mas nem sempre elas são escolhas pensadas, aparecem automaticamente e busque similaridades entre seus desenhos.

O seu estilo de traço vai depender do que te desperta interesse e despertou durante sua vida, do aperfeiçoamento da sua arte, da vontade de aprender e evoluir, da sua curiosidade e da sua capacidade de perceber as similaridades que existem em suas criações. Bem como da prática.

Entenda o que te motiva a desenhar e os seus gostos: filmes, séries, comidas, programas, passeios, livros, as suas coisas preferidas vão se refletir no seu traço.

Até aqueles projetos que você achou que estavam perdidos, que você não gostou, os que deram errado, eles te ajudarão também a se descobrir como artista/designer/ilustrador. Lembre-se que com nossos erros a gente aprende 😉

Faça pesquisas

Construa o seu repertório visual, pode ser até mesmo um banco de imagens para busca de referências no Pinterest. Porém, faça pesquisas direcionadas com o que você deseja absorver e ouse usar fotos como inspiração de temas para trabalhar, além de outras ilustrações.

estilo de traço

Como exemplo de pesquisa vou mostrar alguns ilustradores que trabalharam o mesmo tema, mas com técnica e traço diferentes, assim transmitindo mensagens diferentes. Limitei o tema da minha busca em “mar e pessoas” e tudo que remeta a isso. Parece que vai ser tudo igual, mas não vai:

estilo de traço - Tahel Maorestilo de traço - zukellogsestilo de traço - shelly cunninghamestilo de traço - sarah janeilestilo de traço - rachel sierraestilo de traço - Michelle Dujardinestilo de traço - Paula bonetestilo de traço - Owen Gentestilo de traço - ana santosestilo de traço - gemma capdevilaestilo de traço - alexandra dvornikovaestilo de traço - Rachel Bylerestilo de traço - Giovana Medeirosestilo de traço - Jane Grant Tentasestilo de traço - Enkel Dikaestilo de traço - cowpea

Definir um tema e trabalhar nele mudando seu ponto de vista artístico vai te ajudar a encontrar o que te agrada mais.

Existem desafios e tags do Instagram que são legais para te impulsionar, como o #inktober, o #drawthisinyourstyle e o #stylechallenge. O Inktober é uma lista de palavras para serem representadas, uma por dia no mês de outubro. Já as outras duas hashtags consistem em repetir um desenho em estilos diferentes. Olha que legal essas do #stylechallenge: 

estilo de traçoestilo de traço estilo de traçoestilo de traçoestilo de traçoestilo de traçoestilo de traço

Depois que você alcança o seu estilo, ainda podem ocorrer mudanças. Afinal, o seu ponto de vista muda durante a vida, não é mesmo? Então pode acontecer de o seu estilo se adaptar também de acordo com as mudanças que acontecem com você.

É como a nossa letra: demoramos anos pra conseguirmos chegar numa forma de escrever, desde os caderninhos de caligrafia até o post it com recados para nós mesmos. É muito exercício feito, é muito empenho e teste para conseguir atingir um objetivo.

Descobrir nossa identidade nos desenhos é um caminho e apesar de ele ser longo ele é muito interessante, envolve auto descoberta e uma satisfação enorme no final. Por isso não se esqueça: enjoy the way ❤️ 🙂

Próximo Post
Post Anterior
Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Cofundadora do blog, atua como designer há 10 anos e é graduada em Design Gráfico e em Design de Moda. Tem experiência com projetos de produção de moda, figurinismo, diagramação, criação de identidade visual, estamparia, criação de produtos, impressos e ilustração. É apaixonada por livros, por trabalhos manuais e por gatos.


E aí, o que achou? Deixe seu comentário.