Publicidade

6 fatores que transformam seu site numa maquina de vendas

6 fatores que transformam seu site numa máquina de vendas

Compartilhe

Vender é essencial para o crescimento e sustento de todo negócio, e ter uma máquina de vendas eficaz é de grande importância; seu site pode ser essa máquina de vendas e eu vou te mostrar como.

Muitas pessoas tem ignorado os sites, optando por colocar toda sua força de vendas e ações de marketing nas redes sociais, e muitas vezes em uma única rede social.

O problema é que rede social é terreno alugado, ou seja, você não é dono de nada que está ali, nem do seu próprio conteúdo. Te cedem um espaço e algumas funcionalidades em troca de você ficar vendo publicidade e tornando a rede ainda maior.

Isso faz de você refém das redes sociais e às vezes refém do algoritmo delas, já que ao invés de criar conteúdo centrado no usuário, ou seja, seu público, cria conteúdo pensando em como o algoritmo vai lidar com ele.

Principais problemas que você pode enfrentar nas redes sociais 

Existem alguns problemas que têm se tornado frequentes para os usuários das redes sociais e que comprometem o processo de venda de qualquer negócio.

Não vou entrar em detalhes sobre esses problemas, mas vou listar os principais para você entender melhor o cenário e ver como o site pode ser uma excelente máquina de vendas.

  • A rede social não é sua, então você não tem controle sobre nada
  • A qualquer momento seu perfil pode ser removido
  • Você pode sofrer sanções e perda de funcionalidades sem nem saber o motivo real
  • A atenção do público fica dividida entre diversos conteúdos
  • Tem muitas limitações para postagens (tamanho do conteúdo, tipo de conteúdo, tempo de vídeo…)

As redes sociais são muito boas e podem influenciar de maneira positiva no seu processo de vendas, mas elas não podem ser o único canal onde as pessoas te encontrem e façam negócios com você.

O problema mais crítico de usar redes sociais como maquina de vendas

O problema mais crítico de usar redes sociais como máquina de vendas

De todos os problemas que eu citei e os demais que existem, tem um que eu considero o mais crítico quando as redes sociais são utilizadas como máquina de vendas:

O conteúdo publicado nas redes sociais só existe dentro delas; eles não podem ser encontrados nas pesquisas realizadas na internet.

Se você tem 2 mil seguidores por exemplo, esse é o limite base que você pode ter de alcance orgânico com seu conteúdo. Investindo um pouco em tráfego pago, pode ser que alcance um número maior, e se o conteúdo for bom e viralizar, pode ir um pouco mais longe com o tráfego orgânico.

Mas se o seu conteúdo pode ser encontrado por motores de busca como o Google, seu alcance pode ser muito maior, afinal de contas são feitas mais de 10 bilhões de pesquisas diárias no Google, um número superior ao das redes sociais.

E tem mais, o Google é muito mais estável que as redes sociais e entrega resultados muito mais satisfatórios, mas ele só exibe o conteúdo que pode ser indexado, ou seja, sites e blogs com acesso público.

Daí a importância de você transformar o seu site numa máquina de vendas e usar as redes sociais como parte da estratégia, sendo um canal de aquisição de público e geração de tráfego para o site, e não o canal exclusivo de vendas e relacionamento com os clientes.

Como transformar seu site numa máquina de vendas

Transformar seu site em uma máquina de vendas não é um bicho de sete cabeças, e eu separei os 6 pontos mais relevantes dessa transformação para ajudar você a sair de um terreno alugado para sua casa própria com segurança e consistência.

A seguir você vai conhecer mais detalhes sobre esses 6 pontos e como implementá-los no seu site.

Performance

A performance de um site é fundamental, e ela está ligada a fatores como: qualidade da hospedagem e da estrutura do site, além do uso adequado das imagens e vídeos.

No caso da hospedagem, se você atua apenas no Brasil, procure uma hospedagem onde os servidores estejam localizados aqui no Brasil, isso fará com que o tempo de resposta dele seja menor.

Você também pode fazer uso de CDNs para distribuição dos arquivos estáticos do site, um assunto um pouco mais técnico, que um profissional especializado pode te auxiliar.

Na hora de desenvolver o site, buscar sempre um código-fonte mais limpo e enxuto, e se utilizar WordPress, opte por usar o mínimo de plugins pois eles costumam ser os grandes vilões da performance.

Para as imagens, encontre o equilíbrio entre qualidade e tamanho. Se o espaço de exibição é de 500 x 500 pixels não faz sentido usar uma imagem de 1080 x 1080 pixels, que tende a ser mais pesada e demorar para carregar. Opte por formatos mais leves como WebP e SVG, ao invés dos tradicionais formatos JPG e PNG.

O fator performance é um dos que o Google mais considera na hora de posicionar os sites nos resultados de busca, afinal, ele quer entregar para o usuário apenas os sites que vão oferecer qualidade e ajudá-lo.

Mobilidade

Seu site precisa oferecer uma boa experiência para os acessos feitos a partir de dispositivos móveis, afinal de contas, a maior parte dos acessos a sites hoje acontece na palma da mão dos usuários.

Você não precisa necessariamente criar um aplicativo cheio de funcionalidades, que o usuário tem que baixar e instalar; você pode construir um site bem planejado, com um design responsivo, capaz se adaptar bem a qualquer tamanho de tela.

O Google também leva em consideração essa mobilidade, usando o conceito de Mobile First na hora de classificar os sites para os resultados de busca. Sites que não possuem boa experiência para acesso via dispositivos móveis perdem posicionamento no ranking.

Usabilidade

A usabilidade é um fator indiscutível, pois ela influencia diretamente nas decisões do usuário.

Quanto mais fácil for para o usuário navegar pelo site, localizar as informações que deseja e até mesmo realizar a compra dos produtos, melhor.

Sites fáceis de navegar não são apenas sites simples, com pouco conteúdo, e um layout mais minimalista; existem sites luxuosos com uma usabilidade excelente, principalmente quando acessados por dispositivos móveis.

A coisa mais importante que você deve fazer se quiser assegurar que seu site é fácil de usar é tornar as coisas simples para que o usuário não precise pensar muito.

Essa é a primeira lei de usabilidade definida por Steve Krug no livro Não me faça pensar.

Quanto mais intuitiva for a navegação e menos cliques o usuário der para encontrar o que deseja, melhor.

maquina de vendas seguranca

Segurança

Essa não pode faltar, afinal de contas se você não consegue oferecer segurança para o usuário na primeira impressão, como o transformará em cliente?!

Manter seu site seguro é fundamental, e para isso você precisa ficar atento aos seguintes pontos:

  • utilizar um certificado de segurança adequado para as funcionalidades do site (o famoso SSL, que mostra o cadeado no navegador);
  • procurar uma hospedagem de qualidade que ofereça segurança, evitando que o site seja invadido e arquivos maliciosos sejam adicionados, comprometendo a integridade das suas informações e dos usuários que acessarem;
  • ter um código-fonte de qualidade capaz de evitar ataques maliciosos; se fizer uso do WordPress, procure por plugins que ajudem a ampliar a segurança, como o Wordfence por exemplo;

A estrutura é a primeira parte para transformar seu site em uma máquina de vendas, mas não adianta ter uma estrutura de qualidade se o ponto chave das vendas não estiver bem estruturado.

Conteúdo

O conteúdo é o ponto chave das vendas, sem ele você não vai transformar seu site numa máquina de vendas.

No site o conteúdo é composto por elementos textuais e visuais, ou seja, eles precisam estar bem equilibrados e posicionados para que os usuários possam encontrar as informações sem precisar pensar muito ou dar muitos cliques.

Quanto mais clara for a informação melhor, e sempre procure combinar os textos com as imagens para que eles sejam complementares, assim o conteúdo se torna mais eficiente.

Somos criaturas visuais, evoluímos para a observação de imagens e não para a leitura, então a dupla texto e imagem precisa estar bem conectada para que os usuários sejam motivados a ler toda a informação.

Escolher boas imagens também é muito importante, já que elas são capazes de gerar curiosidade, interesse, admiração e até mesmo serem persuasivas.

O sucesso do conteúdo do seu site está na combinação de texto e imagem, e quando isso acontecer sua máquina de vendas ganhará mais força.

Uma forma de você prender a atenção do público é usando os 3 pilares do conteúdo envolvente

  1. Fácil compreensão
  2. Crível e emocionante
  3. Elemento surpresa

Quanto mais envolvente for o seu conteúdo maior será o poder da conexão com o público, e é através dessa conexão que você vai transformar o público em cliente.

Se conseguir combinar esses 3 pilares com imagens de impacto, pode ter certeza que seu conteúdo se tornará um gerador de vendas e você não precisará mais ficar refém das redes sociais e ser prejudicado toda vez que elas caírem ou que receberem atualizações que afetam sua estratégia e o alcance do conteúdo.

Agora que você já sabe o que fazer para transformar seu site em uma máquina de vendas, é hora de colocar em prática e alcançar resultados cada vez melhores.

Compartilhe

Jonathan Lamim

Jonathan Lamim

Designer de conteúdo especialista no desenvolvimento de sites, blogs, landing pages e lojas virtuais. Escritor e criador do blog Resenhas de Livros, onde compartilha seu ponto de vista sobre cada leitura realizada.

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Anúncio

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x