Blog sobre design, criatividade e comunicação :)

Como vencer os medos e usar os Stories profissionalmente

Por 31 de outubro de 2019Dicas e Tutoriais
stories - blog design com cafe
Próximo Post
Post Anterior

O impulsionamento de grandes empresas através de stories tem tido um grande sucesso nas redes sociais. Apresentamos aqui uma ferramenta que, se bem explorada, pode atrair um forte número de clientes.

A nossa relação com o trabalho, assim como as ferramentas que usamos para executá-lo, tem uma linha de evolução quase diretamente associada com os desenvolvimentos tecnológicos que ocorrem ao longo da história como é o caso das stories.

De fato, não é incomum ver essas ferramentas inicialmente voltadas para fins corporativos ultrapassarem tais barreiras, se tornando até mesmo grandes plataformas de mídia social – caso do Facebook, criado inicialmente para conectar estudantes, professores e outros membros da universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Entretanto, muitas vezes o que acontece é o reverso. Ainda no âmbito de mídias sociais, geralmente usadas como forma mais casual de comunicação, vê-se enorme potencial para divulgação profissional através de stories.

Trate-se de serviços, produtos ou até opiniões. É possível usar as linhas do tempo das grandes redes – Twitter, Facebook e Instagram – para fazer anúncios dos mais diversos tipos, e com grande sucesso.

Uma das formas mais efetivas de fazer estes anúncios é por meio de vídeos em canais como os Stories disponíveis no Facebook, no WhatsApp e no Instagram. Entretanto, falar é muitas vezes mais fácil do que fazer, principalmente para pessoas que são mais tímidas em frente às câmeras ou que acreditam não ter jeito para “se expor” de tal maneira.

Mas nós estamos aqui para te ajudar! Logo abaixo, estão quatro pontos que poderão te auxiliar a vencer os medos e a vergonha no caminho rumo à ampliação da sua divulgação profissional, independentemente do ramo em que você atua.

Perder a timidez

Um dos grandes fatores na inibição das pessoas é a timidez. Ela é um fator muito mais preponderante na sociedade do que imaginamos, com metade da população se declarando tímida em uma pesquisa realizada em 2012.

De acordo com a professora de genética do desenvolvimento e do comportamento Thalia Eley, em entrevista disponível em https://g1.globo.com, apenas 30% da timidez é explicada pela genética.

Os 70% restantes são em grande parte relacionados a fatores ambientais, como questões de stress sofridas nos anos formativos. Mas, por sorte, existe saída para tal, como as terapias comportamentais, que buscam amenizar e solucionar os problemas gerados por fobias sociais diversas.

Outras práticas cotidianas que podem colaborar vão desde treinar a fala em público até praticar o olhar nos olhos do seu interlocutor durante as conversas.

A timidez pode com certeza ser vencida, como demonstra o ex-jogador de futebol Rivaldo. Um dia conhecido por sua extrema timidez, hoje ele estampa campanhas de marketing como a do site https://www.betfair.com/br, além de dar entrevistas falando sobre sua carreira extremamente vitoriosa no esporte.

Preparo

Tratando-se de qualquer coisa que exija exposição, sempre é bom ter um preparo por trás para evitar que os planos saiam muito do controle. Uma palavra a mais ou a menos pode te colocar em situações indesejáveis, e é de bom grado evitá-las.

Assim sendo, é bom verificar técnicas de roteiro, como as mencionadas em https://www.aicinema.com.br, mesmo que a sua intenção seja fazer vídeos curtos. Essa é uma forma não só de treinar sua habilidade de escrever discursos, mas também de praticar sua escrita – e quem sabe até estender isso para uma nova linha profissional e impulsionar as suas stories.

Além do mencionado, é ideal checar os detalhes de áudio e de visual dos vídeos a serem gravados. Vale a pena dar atenção extra à qualidade do som, à iluminação do ambiente e ao ambiente em si, já que são elementos importantes para que se produza um bom vídeo.

Treino

Uma vez que tudo esteja planejado e preparado, é hora de partir para o treino. Aqui o importante é se focar em desenvoltura, tanto em questão de fluidez da fala quanto em relação aos movimentos do corpo.

Não é necessário que você já comece a enunciar o roteiro sugerido no tópico anterior, mas ele com certeza pode servir de guia para ajudar você a dar mais polimento aos vídeos a serem gravados em breve.

Além disso, o treino te dá a oportunidade de ver as evoluções que podem ter começado com o processo de perder as inibições trazidas pela timidez e os detalhes que podem ser melhorados em treinamentos futuros.

Partir para a prática e gravar seus stories

Após isso tudo, chega o passo mais importante: a prática! Sendo assim, é hora de se lançar ao mundo e fazer as stories um ponto forte no negócio.

Para isso, basta ter um dos aplicativos já mencionados instalados em seu telefone e ligar a câmera dentro ou fora deles. Outra vantagem é que os aplicativos em si contam também com algumas ferramentas de edição que podem deixar o seu vídeo mais próximo das suas ideias, inserindo, por exemplo, elementos que permitam que as pessoas entrem em contato com você por mensagens diretas.

Com isso, você fecha o passo a passo com chave de ouro e conhecimento nas stories. E, quiçá, no futuro, terá até mais dinheiro no bolso!


Por Fernando Nunes

Próximo Post
Post Anterior
Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Editoria destinada a convidados especiais, que colaboram com o blog Design com Café, compartilhando seus conhecimentos e experiências.


E aí, o que achou? Deixe seu comentário.