Publicidade

A importância do site na estratégia de marketing digital

A importância do site na estratégia de marketing digital

Compartilhe

Não considerar o site na estratégia de marketing digital é uma excelente forma de perder tráfego orgânico qualificado.

Marketing digital não é apenas conteúdo e estratégias para serem aplicadas nas redes sociais, mas em todos os canais do meio digital, por isso o site deve ser considerado.

Muitos negócios, de todos os tamanhos, usam as redes sociais com estratégias incríveis e conteúdo de muita qualidade, aí quando se pesquisa sobre o mesmo conteúdo ou algo relacionado nos mecanismos de busca, nenhum conteúdo é encontrado.

Isso acontece porque muitas das vezes o negócio não possui um site ou o mesmo não é contemplado nas estratégias de marketing digital.

Porque o site é importante na estratégia de marketing digital

Se de hoje para amanhã as redes sociais deixarem de existir, seu negócio continuará existindo na internet?

Se as pessoas pesquisarem no Google sobre uma dúvida ou mesmo por produtos ou serviços que estão relacionados ao seu negócio, vão encontrar algo que as leve até você?

O que está nas redes sociais só existe dentro delas, não é possível encontrar nas pesquisas feitas no Google ou em outros mecanismos de busca.

E se alguém compartilhar o link de alguma postagem que você tenha feito redes sociais, só é possível visualizar se a pessoa que recebeu o link tiver uma conta nessa rede.

Por isso o site é tão importante na estratégia de marketing digital, pois ele permite que seu negócio seja encontrado fora das redes sociais, por qualquer pessoa, a qualquer hora, sem restrições.

Como inserir o site na estratégia de marketing digital

Você pode inserir o site na sua estratégia de marketing digital de diversas formas, de acordo com os objetivos que deseja alcançar.

Algumas formas de uso dos sites são mais comuns e muito utilizadas, como por exemplo:

  • Informações institucionais
  • Blogposts
  • Páginas de captura
  • Páginas de venda

Os blogposts são usados para transmitir informações, ensinar algo e tirar dúvidas em comum do público. É a forma de entregar conteúdo que mais gera tráfego orgânico.

As páginas de captura são utilizadas para trocar o email ou telefone do usuário por acesso a um conteúdo exclusivo, que pode ser um ebook, vídeo, checklist ou outra ferramenta útil para o público. Também são usadas para levar o público a ingressar em grupos e canais no Telegram e WhatsApp.

As páginas de vendas são mais específicas, elas contém informações mais detalhadas sobre produtos e serviços, com uma estrutura muito particular e texto escrito com o técnicas de copywriting.

Não confunda página de vendas com página do produto!

A página de vendas é estruturada para que o usuário compre o produto. Fala mais dos benefícios do que das características. Textos, imagens e vídeos são pensados e elaborados para atrair o usuário, despertar o interesse, o desejo e levá-lo à compra.

Já a página do produto é mais focada em apresentar o produto, suas características e informações técnicas.

A estratégia de conteúdo que poucos usam (até o momento)

Essa estratégia, se aplicada, poupa tempo, otimiza a criação de conteúdo e ajuda a manter o alinhamento dos conteúdos publicados tanto nas redes sociais quanto no site/blog.

Ela consiste no trabalho em uma via de mão dupla usando site/blog e redes sociais e funciona da seguinte forma:

  • Pegar o conteúdo publicado nas redes sociais que possui melhor engajamento e publicá-lo no site/blog, fazendo as devidas adaptações na estrutura do texto
  • Pegar o conteúdo publicado no site/blog e publicar nas redes sociais ajustando textos e imagens

Nesse momento podem estar passando várias perguntas pela sua cabeça, como: “mas o conteúdo não vai ficar repetitivo?”, “vou ter trabalho dobrado?”.

Essas perguntas fazem sentido, mas vamos refletir sobre cada uma delas.

Mas o conteúdo não vai ficar repetitivo?

Os conteúdos serão publicados em plataformas diferentes, logo não há uma repetição, e fazendo isso você entrega para o público que está fora das redes sociais o mesmo conteúdo de quem está dentro delas, aumentando o seu alcance e como consequência seu público e a visibilidade no Google.

Vou ter trabalho dobrado?

Sim e não! Se você produz um conteúdo para o seu site/blog com uma boa estrutura, ele pode ser publicado de diversas formas nas redes sociais sem parecer repetitivo.

Veja alguns exemplos de como fazer isso:

  • Post com chamada para esse blogpost
  • Um post apenas com o conteúdo do bloco “Como inserir o site na estratégia de marketing digital”
  • Outro post com o conteúdo do bloco “A estratégia que poucos usam (até o momento)”

Ou seja, você teve o trabalho de pesquisar para escrever o blogpost e depois de pronto ele naturalmente gerou conteúdo para outras publicações.

E dessa forma você mantém site/blog e redes sociais com o conteúdo alinhado e independente de onde o público vier, sempre terá acesso a conteúdo de qualidade.

O site é a melhor ferramenta de tráfego orgânico que existe, pois você coloca o conteúdo à disposição do público 100% do tempo, sem restrições. E com a ajuda dos mecanismos de busca, seu conteúdo será exibido de acordo com a pesquisa feita, o que gera um tráfego mais qualificado.

A importância do site na estratégia de marketing digital - Estrutura do site
Não basta um layout bem estruturado, é preciso conteúdo de qualidade e monitoramento.
Imagem: Freepik

O que um site precisa ter para gerar resultados dentro da estratégia de marketing

Para um site gerar resultados dentro de uma estratégia de marketing digital é preciso que ele tenha algumas características específicas, que uma boa parte dos sites existentes não possui.

Qualidade para acesso via dispositivos móveis

Nesse quesito estão usabilidade e layout responsivo, capaz de se adaptar aos diferentes formatos de tela existentes sem perder a qualidade na navegação e organização do conteúdo.

Velocidade de carregamento

Quanto mais rápido seu site carregar melhor. Diversas pesquisas, inclusive do Google, mostram que sites com tempo de carregamento superior a 5 segundos tem um maior índice de desistência por parte dos usuários.

Textos bem estruturados

Não adianta ter um layout lindo, carregar muito rápido e funcionar perfeitamente em dispositivos móveis se os textos não forem bem estruturados.

E não se trata apenas de boa ortografia e gramática, mas da linguagem utilizada estar de acordo com o público e estruturada de forma a conduzir a navegação do usuário sem que ele precise pensar muito sobre qual deve ser o próximo clique.

Ferramentas de análise de dados

E por fim o site deve estar integrado com ferramentas de análise de dados que vão permitir o acesso a informações detalhadas sobre as visitas que ele recebe.

Esses dados darão a você um conjunto de informações que ajudarão no processo de análise dos resultados da estratégia, e permitirão fazer os ajustes necessários para melhorar os resultados.

Veja a seguir algumas ferramentas de análise de dados que você pode utilizar:

Se você inserir o site nas suas estratégias de marketing digital, criar uma via de mão dupla entre o conteúdo dele e o das redes sociais, com certeza ampliará suas possibilidades, o alcance do seu conteúdo e como consequência os resultados para o seu negócio.

Agora que você já sabe da importância do site na sua estratégia de marketing digital, o que está esperando para colocar em prática os conhecimentos e dicas desse post?

Se ficou com alguma dúvida, compartilhe nos comentários!

Compartilhe

Redação DCC

Redação DCC

Blog sobre design, criatividade, comunicação e empreendedorismo..

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Publicidade

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

0
Would love your thoughts, please comment.x