Blog sobre design, criatividade e comunicação :)

Afinal, O Que é Esse Tal Inbound Marketing?

Por 25 de janeiro de 2018Freela e Startups
Próximo Post
Post Anterior

Você muito provavelmente já ouviu falar em Inbound Marketing, não é mesmo? Esse termo muito utilizado nos últimos meses, se tornou a maior tendência de estratégias para capturar e fidelizar leads para um negócio, desde que foi abordado pela primeira vez, em 2009, o Inbound Marketing ganhou espaço em empresas de todos os tamanhos e um espaço cativo em grandes e pequenas estratégias de marketing.

Basicamente falando, o Inbound Marketing consiste em uma técnica que se baseia em atrair a atenção do cliente, fazer com que ele venha até você e não o contrário, como ocorre há anos, no marketing de interrupção, ou, Outbound Marketing.

Não é difícil enxergar a diferença entre um e outro, quando você está assistindo a um vídeo no youtube, a sua novela preferida, ou ao filme no canal pago, você tem a sua programação interrompida por anúncios aleatórios e que, na maioria das vezes, não condizem com o seu interesse no momento, certo? Pois bem, então se o marketing de interrupção também pode acontecer no meio online, o que o diferencia do Inbound Marketing?

Simples, quando você cria uma estratégia de inbound, você vai atrás de atrair o seu cliente por interesse, você estuda e contextualiza o seu público, você define o que pode ser interessante e por meio de um conteúdo relevante e atrativo, você o ganha!

inbound-marketing

Esse é um dos fatores que fez com que essa técnica ganhasse espaço cada vez maior em empresas de todos os tamanhos, você consegue mensurar e otimizar o seu orçamento desde o início, então o seu centro de custo com propaganda deixa de ser um gasto e passa a ser um investimento. Você precisa de uma ferramenta de web analytics, acompanhar os dados, otimizar e calcular o ROI (retorno sobre o investimento) e voilá, sabe exatamente em que campo está pisando.

Mas e aí, como eu posso fazer uma campanha de Inbound Marketing?

Existem 4 etapas principais para desenvolver uma boa campanha, vamos lá:

Mobilize

1) ATRAIR: Se você parar pra pensar vai ver que faz total sentido. Invés de perder horas e horas procurando pessoas que se interessem pelo seu negócio ou produto, você coloca toda a energia em atrair esse público, com um conteúdo bonito, cativante, instigante e legítimo.

Você pode fazer isso utilizando de, por exemplo:

Em todos os casos, lembre-se de que a principal preocupação precisa ser cativar e ser relevante!

 

2) CONVERTER: aqui você precisa convencer o seu público a virar lead, ou seja, ele precisa estar convencido de te fornecer os dados e informações que, futuramente o farão virar seu cliente.

Para isso você pode fazer uma oferta, levá-lo até uma landing page que o fará ficar ainda mais interessado em seu conteúdo, criar um CTA atrativo em seu site, experimentar um teste A/B, enfim, existem muitas opções de “convencer” o seu mercado que ele quer a sua marca, use bem a sua criatividade e não se esqueça mais uma vez, seja relevante!

 

3) FECHAR: essa é a etapa onde o seu lead vira cliente, é quando ele enfim, decide pela finalização da compra, aquisição do curso, assinatura em seu blog e mais. É muito importante que você mantenha a comunicação com o seu cliente também nesta etapa, seja com um atendimento personalizado, um e-mail marketing, ou uma apresentação especial do produto que o interessou. Mostre a ele o valor que seu negócio possui e batam o martelo.

 

4) FIDELIZAR: na minha opinião, essa é a etapa mais especial doInbound Marketing. É aqui que você constrói uma relação de amor a sua marca, onde você determina se o seu cliente vai falar de você por aí cheio de orgulho, ou se vai esquecê-la na próxima hora.

Muitas empresas tradicionais, não dão a menor importância para o feedback do cliente, não se importam com a entrega de seus produtos ou serviços e simplesmente, entregam mais uma dentre as várias aquisições daquela pessoa, em toda a vida.

Quando você envia um bilhetinho, liga perguntando se a pessoa gostou, envia um e-mail de agradecimento, procura se interessar e, mantém isso com um relacionamento relevante, você cativa.

Se nada disso te convenceu, lembre-se sempre que, um novo cliente custa muito mais que um cliente fiel.

Cuide!

 

Bom, para estar totalmente por dentro doInbound Marketing existem mais algumas coisas que você precisa estudar, dentro de cada uma dessas etapas e conceitos. Mas, vamos deixar isso para uma próxima conversa, ok? 🙂

Próximo Post
Post Anterior
Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Co-fundadora dessa nave, publicitária com foco em marketing digital e em querer empreender, no mercado há 7 anos, brindo a vida e os momentos sempre que dá, com uma boa IPA, um bom vinho, comida boa, muitas leituras e a vontade que nunca morre de viajar por esse mundão de meu Deus!


E aí, o que achou? Deixe seu comentário.