...e uma boa música para inspirar :)

Design de estampas

Por 5 de setembro de 2017Design
estampas-estamparia-abre02

Existem várias formas de um designer gráfico trabalhar no meio fashion. Desde o branding para uma marca, passando por revistas e catálogos de moda, até o design de estampas, que também pode ser um caminho a se seguir.

Acabou de acontecer a semana de moda em São Paulo e senti vontade de falar um pouco sobre design de superfície, mais especificamente de estampas. É verdade que nem todas as marcas apostam no uso de estampas para as coleções e que algumas nos dão um certo ~sono~ por não inovarem muito, mas podemos ver que outras optam por trabalhar com modelagens mais ousadas, tecnologia de ponta, cores, muita criatividade e muita estampa nessa coleção para o verão 2018. Como exemplo desse último quesito podemos citar Água de Coco, com estampas de referências indonésias; Lenny Niemeyer, com estampas geométricas; Ratier com um estilo de estamparia bem urbano; Osklen, com referências a pinturas de Tarsila do Amaral e Jahnkoy com estampas que foram além do streetwear, deixando mensagem de protesto.

estampas-estamparia-desfile-jahnkoy-2

Jahnkoy | SPFW N44 | Verão / 2018 | foto: Ze Takahashi / FOTOSITE


estampas-estamparia-desfile-ratier

Ratier | SPFW N44 | Verão / 2018 | foto: Ze Takahashi / FOTOSITE


estampas-estamparia-desfile-osklen

Osklen | SPFW N44 | Verão / 2018 | foto: Ze Takahashi / FOTOSITE


estampas-estamparia-desfile-agua-de-coco-2

Água de Coco | SPFW N44 | Verão / 2018 | foto: Ze Takahashi / FOTOSITE


estampas-estamparia-desfile-lenny

Lenny Niemeyer | SPFW N44 | Verão / 2018 | foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Além das marcas já citadas, uma que me chamou  a atenção foi a Lab, com um tropical sóbrio e com muitos tons de azul. Pelo que eu li sobre o conceito da coleção, fiquei apaixonada. O nome da coleção é Avuá. Pensaram na liberdade, da liberdade chegaram aos pássaros. Pássaros, penas e penas, o primeiro instrumento usado para escrita. Pronto. Liberdade, pássaros, penas e escrita. Com direção criativa de Emicida, a Lab juntou tudo o que a música – o rap – proporciona: liberdade para enviar mensagens pelos quatro cantos do mundo. E essa mensagem no caso é o empoderamento de minorias sociais, é se libertar dos padrões impostos, é um pedido para passarelas com mais diversidade, que representem a beleza do mundo real, onde nenhuma forma deve ser norma.

LAB | SPFW N44 | Verão / 2018 | foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Todo esse conceito é muito importante para que se apresentem peças coesas entre si, que reforcem o que o designer quer que seja transmitido, passando por todas as partes da coleção. Definir o tema, a cartela de cores, os materiais, as formas das modelagens, acessórios… tudo faz a apresentação (mesmo se não houver um desfile) ser mais impactante para o público e o faz entrar na atmosfera que é desejada. E assim a estamparia deve andar junto com essa linha de pensamento que é traçada, sempre lembrando que as estampas, quando usadas nas roupas, transmitem um discurso, um pensamento que parte de um estilista ou designer de moda e passa para um indivíduo que vai usar aquela peça depois.

Entre rapports, composições, texturas, estampas localizadas, serigrafia e sublimação, tudo deve ser analisado para se transmitir adequadamente a mensagem. Para se tornar um designer de estamparia é necessário estudar particularidades do ramo têxtil, como: tipos de tecidos em que serão aplicadas as estampas, formas de se estampar tecidos, variações de apresentação de um mesmo tema (seguir as tendências nem sempre é algo limitante) etc.

Vejamos alguns designers que já trabalharam ou trabalham com estamparia:

Albino PapaDesigner brasileiro, muito conhecido pelo SPFW, é o responsável pela produção de diversas estampas que já desfilaram no evento.

estampas-estamparia-albino-papa

estampas-estamparia-albino-papa-02

 

Jessica JonesDesigner gráfica que trabalha também com estamparia em tecido, além de outras áreas dentro de design de superfície.

estampas-estamparia-jessica-jones

 

Timothy GoodmanDesigner muito versátil, e entre tantos projetos realizou uma parceria para estampas em calçados da marca Paul Andrew.

Goya LopesDesigner brasileira que tem em seu trabalho traços da cultura afro-brasileira e indígena.

estampas-estamparia-goya-lopes-02

estampas-estamparia-goya-lopes

As estampas podem ser desenvolvidas por outros profissionais, como artistas ou ilustradores, mas designers gráficos conseguem ter uma visão diferenciada que nem todos têm, como a da produção comercial com intuito de distribuição em larga escala, a da elaboração de projeto, a busca por valorizar as peças com representações atuais e com recursos que nós, designers gráficos, conhecemos muito bem 😉

Apesar de o projeto de estamparia para uma coleção de moda poder ser um pouco mais complexo (ou apenas diferente) que alguns outros que trabalhamos na nossa área, já que cada aplicação deve ser estudada de forma individual, além das variações do tema, seguindo a paleta de cores correta e estilo das formas da coleção, o design gráfico tem muito a contribuir na área de moda.

Gostou? Então nos ajude compartilhando :)

Cofundadora do blog, atua como designer há 10 anos e é graduada em Design Gráfico e em Design de Moda. Tem experiência com projetos de produção de moda, figurinismo, diagramação, criação de identidade visual, estamparia, criação de produtos, impressos e ilustração. É apaixonada por livros, por trabalhos manuais e por gatos.