Publicidade

Hábitos criativos de artistas icônicos

Hábitos criativos de artistas icônicos

Compartilhe

Como os hábitos criativos influenciaram nos trabalhos de grandes nomes da arte ao redor do mundo.

Todos nós temos hábitos, mas nem todos foram criados para influenciar na nossa criatividade.

É muito comum artistas dos mais variados segmentos criarem hábitos — algumas vezes estranhos — para estimularem sua criatividade ou para romper com bloqueios criativos ao longo do dia.

Seja desenhando um logo, escrevendo um livro, construindo um roteiro para filme ou qualquer outra atividade, encontrar uma maneira de se concentrar e dar fluidez à criatividade é essencial para a realização de um bom trabalho.

Seja qual for o seu objetivo, a seguir você encontrará alguns hábitos de artistas icônicos que podem servir de inspiração para você construir seus próprios hábitos criativos

Anna Wintour e a partida matinal de tênis

Editora-chefe da revista Vogue, Ana joga uma partida de tênis todos os dias pela manhã, e engana-se que acha que é um bate bola leve. A partida dura aproximadamente uma hora e é jogada de forma intensa.

Akira Kurosawa e seu caderno de anotações

Renomado cineasta que fez das palavras e imagens uma fonte para desenvolvimento de seu singular estilo narrativo e visual. Estava sempre acompanhado de um caderno para registrar observações e comentários sobre as leituras que fazia. Para Kurosawa, fazer uma releitura do que escreveu produzia novas ideias quanto ele travava na construção de um roteiro.

Frida Kahlo e seu jardim

A pintora mexicana tinha como hábito diário pintar suas obras com plantas e tintas. Ela cuidava de seu jardim, que era composto por plantas, frutas e flores mexicanas para que ele se mantivesse como lugar de conforto e inspiração.

Gabriel García Marquez e os jornais

Famoso romancista, acordava todos os dias antes do nascer do sol e passava um tempo lendo jornais antes de começar a escrever e enraizar na realidade o seu realismo mágico.

Gertrude Stein e seu Ford Modelo T

A escritora norte-americana tinha um hábito inusitado: ela gostava de escrever dentro do seu Ford Modelo T. Ela sentava no banco de trás e deixava que as suas influências viessem da atmosfera gerada pelas ruas de Paris, cidade onde residia.

Hábitos Criativos - Dr. Seuss
Obras do Dr. Seuss como O Gato do Chapéu, Coisa Um e Coisa Dois e Ah, Os Lugares Aonde Você Irá! ganharão universo cinematográfico animado a partir de 2024

Haruki Murakami e a corrida matinal

O escritor japonês Haruki Murakami tem como hábito acordar às 4 da manhã e ir para a cama antes das 21h. Entre suas atividades diárias está a corrida. Segundo ele, correr ajuda a acalmar a mente e leva ao estado de concentração exigido pela escrita.

Maia Angelou e o quarto de hotel

Escritora, poeta e ativista dos direitos civis, Maia saia todos os dias às 6h da manhã de seu apartamento, levando consigo apenas um bloco de notas, um dicionário, uma Bíblia, um baralho e uma garrafa de xerez e ia escrever em um quarto de hotel vazio até às 14h. Ela ainda pedia que tudo que estivesse nas paredes do quarto fosse removido.

Theodore Seuss Geisel e seus chapéus

Escritor e ilustrador também conhecido como Dr. Seuss era colecionador de chapéus e tinha mais de 300 itens. Para desfazer o bloqueio criativo ele tinha o costume de escolher um dos chapéus da sua coleção e usá-lo até se sentir inspirado.

Thom Yorke de ponta a cabeça

Vocalista da banda britânica de rock alternativo Radiohead, Thom possui um um ritual pré-show onde fica de cabeça para baixo durante alguns minutos antes de ir ao palco e dar seu show.

Virginia Woolf e o distanciamento

Escritora pioneira do uso da standing desk (mesa que permite trabalhar em pé), ela tinha o hábito de regularmente se afastar do trabalho para encontrar visões diferentes que pudessem agregar de alguma maneira às suas obras.

Crie seus próprios hábitos criativos

Seja qual for sua área de trabalho, hábitos positivos sempre ajudam a alcançar melhores resultados. Se envolver a criatividade, então pode ir muito além.

Abra a sua mente, procure atividades ou ações que você pode incorporar na sua rotina e que, de alguma forma, ajudam a desempenhar melhor suas funções, deixam sua mente mais ativa e permitem que você produza mais e melhor.

Hábitos criativos não a ver apenas com arte, mas com encontrar maneiras de se motivar e alimentar sua mente para realizar um trabalho de qualidade, seja ele artístico ou não.

Agora, conte pra gente nos comentários: você tem algum hábito criativo? Qual é?

(A ilustração da capa desse artigo foi feita pela artista Ellen Weinstein)

Compartilhe

Redação DCC

Redação DCC

Blog sobre design, criatividade, comunicação e empreendedorismo..

Deixe seu Comentário!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Publicidade

escolhas do editor

MAIS LIDAS

MAIS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

0
Would love your thoughts, please comment.x